imagemQual mãe ou pai não gosta de ouvir uma boa gargalhada de seus filhos?

Várias são as brincadeiras que podemos fazer e os encantadores baixinhos soltam grandes risadas, chegam a perder o fôlego! Nos deliciamos e rimos muito junto à eles.

Uma típica brincadeira para fazer soar uma linda e gostosa gargalhada é jogar o bebê para cima e segurá-lo novamente, essa brincadeirinha que parece tão inofensiva pode não ser tão tranquila assim.

Calma! Vamos entender o por quê?

Principalmente, até os dois anos de vida, a cabeça da criança é grande em relação ao seu corpo e quanto menor for a criança, o pescoço é mais mole, sem uma musculatura bem desenvolvida. Ao fazer um movimento brusco, como este de “jogar para cima e pegar novamente o bebê”, podem ocorrer graves lesões cerebrais e em raros casos, levar à morte.

Aproveitamos para abordar também um tema associado que é a Síndrome do Bebê Sacudido (SBS), onde ocorrem as mesmas lesões cerebrais por chacoalhões e sacudidas fortes em bebês e crianças, fazendo com que haja uma aceleração e desaceleração da cabeça dos pequenos rapidamente, ou seja, entre a massa encefálica (cérebro) e o crânio, existe um espaço livre para que possa haver o crescimento e desenvolvimento cerebral.

Quando se sacode o bebê ou criança o impacto pode provocar lesões e inchaço do cérebro causando:

– Hemorragias cerebrais e oculares;
– Convulsões;
– Vômitos;
– Problemas motores;
– Paralisias;
– Problemas no desenvolvimento mental.

Geralmente, a Síndrome do Bebê Sacudido acontece em maus tratos por parte de pais e cuidadores, onde os bebês são sacudidos violentamente, geralmente na tentativa de cessar o choro das crianças e bebês.

Devemos ficar alertas para uma situação ainda corriqueira, porém errada. Na tentativa de desengasgar o bebê, muitos são os pais que sacodem desesperadamente seus filhos, podendo agravar o quadro com os chacoalhões. Para desengasgar os bebês ou criança, existe a manobra correta a ser feita.

A prevenção é o melhor remédio! É…parece uma frase chavão, mas é verdade!

Evite brincadeiras que coloquem seu filho em risco.

Nunca o jogue os pimpolhos para cima.

Nunca brinque com seus baixinhos de cavalinho com movimentos bruscos.

Nunca chacoalhe os pequenos para dar bronca.

Lembrem-se que criança não é um adulto em miniatura. Tenha muita atenção!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 10 =