Mother and baby draw color pencilAo lidarmos com crianças, todo cuidado é pouco. Cada detalhe pode fazer toda diferença no ato de cuidar e prevenir doenças e promover saúde.

Por esse motivo, devemos estar atentos a:

– Uma criança NUNCA deve ficar sozinha, a observação deve ser constante para que possamos detectar alguma intercorrência de forma precoce e assim agir prestando os primeiros socorros adequadamente, por exemplo um engasgo. E quando a criança dorme, posso deixá-la sozinha? O

ideal seria ter uma babá eletrônica para que se pudesse monitorar ao menos a distância, se possível for a que vem com câmera.

– Faz parte dos cuidados estabelecer limites à criança, sempre de forma clara e objetiva. Dessa forma estaremos desde cedo mostrando o que é perigoso, errado e prevenindo uma série de situações desagradáveis e até perigosas.

– Sempre que for executar algum cuidado com a criança, NUNCA desvie sua atenção com outra coisa, como telefone, televisão, “bate-papo”, pois pode vir a causar acidentes por desatenção.

– A criança não tem o hábito de tomar água sozinha, logo é um cuidado bastante importante a hidratação da criança. Oferecer água. Para isso use de brincadeiras se for necessário.

– Um cuidado importante para a criança é a higienização das narinas, pois por meio delas a criança pode adquiri várias doenças. Ensine-a a utilizar lenços descartáveis, assoar o nariz e em seguida lavar as mãos.

– Criar hábitos saudáveis de alimentação para a criança, ou seja, hora de comer é única. A criança não deve ter sua atenção desviada (assistindo televisão, etc), pois é dessa forma que aprenderá a saborear cada grupo de alimento.

– Ainda falando de alimentação: a temperatura da comida deve ser morna e jamais o adulto deve soprar para esfriá-la, pois pode estar contaminando a comida.

– Um cuidado de extrema valia é a higiene íntima, ou seja, aos que usam fralda, a troca deve ser freqüente, sempre que estiver úmido ou sujo. E aos que já se desfraldaram, supervisionar e ajudar na limpeza na hora que urinarem e evacuarem, evitando assim a contaminação da uretra pelas

fezes (no caso das meninas).

– A higiene oral é importante e deve ser feita e ensinada a cada criança. Deve ser realizada logo ao acordar e ao se deitar e após cada refeição.

– O banho deve ser uma hora de CALMA. Uma hora de relaxamento e calmaria. Podemos usar essa hora para uma brincadeira, uma conversa, enfim para a criança relaxar e se tranquilizar. Dê preferência ao sabonete líquido neutro, não use esponjas, nem talco e muito cuidado com afogamento, NUNCA deixe por um segundo que seja a criança sozinha na banheira.

– O ritmo de cada criança é único, logo isso deve ser respeitado. Não há uma regra geral para ser usada em todas as crianças.

– Os cuidados com as unhas também são importantes, devemos deixá-las sempre aparadas e lixadas para evitar arranhões, machucados e contaminações

– Um cuidado que sempre é bom frisar é manter a rotina da criança, ou seja, criar regras, horários para alimentação, sono, brincadeira, enfim, fazer com que a criança regule seu relógio biológico.

– Prestar cuidados específicos à criança doente conforme orientação médica é um dever de quem estiver responsável pelo menor.

A prevenção é nossa melhor aliada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 17 =