remédios

Por diversas situações e necessidades, guardar remédios em casa é algo bastante comum e que faz parte da vida da maior parte das pessoas. Guardamos em casa sobras de medicamentos, aqueles que são usados de maneira esporádica e sem maiores efeitos colaterais, e aqueles que devem ser usados seguindo um tratamento médico.

Porém, esta guarda deve ser feita de maneira apropriada e segura, pois vários problemas relacionados à tomada errada de medicamentos, prazo de validade vencido e más condições de conservação podem acarretar em vários transtornos, e até problemas sérios em nossa saúde.

Para isso, listamos várias dicas que irão lhe ajudar muito para que os medicamentos tomados em casa estejam em condições seguras e apropriadas para seu uso correto:

– Todo medicamento deve ser guardado dentro de sua própria embalagem. Não utilize blisters, caixas ou outros compartimentos pequenos para a guarda dos mesmos, mesmo que vá utilizá-los em vários períodos do dia e por uso prolongado. A falta de identificação pode levar á utilização errada do mesmo, e com data de validade vencida;

– Proteja sempre os medicamentos da umidade e do calor excessivo, pois estes agentes transformam o princípio ativo do medicamento e alteram sua validade;

– Mantenha sempre os remédios longe do alcance de crianças e animais. Ou seja, guarde-os em um lugar seguro: alto, trancado e sem o alcance do sol e umidade;

– Atente ao prazo de validade do mesmo todas as vezes em que for tomá-lo. Alguns medicamentos vencem em um prazo muito pequeno, em especial depois de abertos (atentar aos que precisam de refrigeração);

– Na refrigeração os medicamentos devem ser guardados na geladeira em local apropriado, de preferência no centro da mesma e sem contato próximo com alimentos. Atenção ao prazo de validade e aos cuidados antes de seu uso: geralmente é necessário agitar o frasco e diluir com água no primeiro uso;

– Preste atenção aos medicamentos tomados por via oral: se forem líquidos, na maior parte das vezes é necessária a agitação do mesmo antes de tomá-lo;

– Medicamentos de fórmulas manipuladas também merecem atenção especial: seu prazo de validade é menor e sua conservação requer cuidados – muitos tem de ser conservados em geladeira;

– Cápsulas soltas devem ser desperdiçadas: existem vários medicamentos de cor, formato e aparência semelhante – portanto, não confie apenas em seu aspecto. O risco de troca de medicamentos é enorme;

– Não indique tratamentos que servem a você a outras pessoas: cada qual, sendo acompanhado por seu médico tem uma condição especial de saúde e de tratamento. Portanto, o que serve para você pode não servir para outro, e até causar graves problemas, complicações e até morte;

– Guarde sempre as receitas médicas: elas indicam o tempo de uso, horários e dosagem, que devem ser sempre respeitados. Além do que, tem sempre á mão o contato rápido de seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − treze =